Eventos

Entrevista com Coimbra de Matos

"À flor da pele, é assim que andamos todos por estes dias. Mas a crise também pode trazer consequências positivas, e quem sabe deixamos e ser a sociedade competitiva que somos para passar a ser uma sociedade mais cooperativa. A análise do psiquiatra Coimbra de Matos.

Aos 90 anos, António Coimbra de Matos, psiquiatra e psicanalista, nunca viu uma pandemia assim. Mas os anos de vida e de profissão já lhe mostraram muito, e se sabe alguma coisa, é que o ser humano tem uma enorme capacidade para se reinventar.

Especialista em depressão, lembra que em tempo de crise as pessoas superam-se. No entanto, são precisos interlocutores lúcidos. Geralmente nos momentos de crise diminuem os surtos de depressão e suicídios, porque há uma maior exteriorização da agressividade. É por isso que é bom que as pessoas exprimam os seus afectos."

Leia a entrevista  AQUI